• (83) 3241-7640 / (83) 98650-0774

    Prova oral pode ser extinta em concursos do MP

    09/08/2006

    A Secretaria-Geral do Conselho Nacional do Ministério Público recebeu projeto de resolução para estabelecer regras aos concursos. Um dos destaques da proposta é a proibição da exigência de prova oral.

    O texto do projeto também prevê a proibição da participação nas comissões de concursos de membros que tenham, entre os candidatos inscritos, parentes consangüíneos, civis até o terceiro grau, bem como amigos íntimos ou inimigos.

    O projeto de resolução prevê, ainda, que os candidatos terão direito de recorrer à Comissão de Concurso contra o resultado de qualquer uma das provas escritas, conteúdo das questões e classificação final. O projeto tem de esperar o prazo regimental de 15 dias para poder ser apreciado pelo Plenário.

    A proposta foi elaborada pelo conselheiro Ricardo Mandarino. De acordo com ele, há “constantes reclamações de supostas irregularidades, por parte de integrantes do Ministério Público e de outros interessados acerca das diversas formas como são realizados os concursos públicos para ingresso na carreira do MP”.



    Telefone / Celular (83) 3241-7640 / (83) 98650-0774 - Rua Antônio Rabelo Júnior, 161 - Miramar - Empresarial Eco Business Center, 9º andar, salas 911/912 - João Pessoa - PB