• (83) 3241-7640 / (83) 98650-0774

    Lançado livro de juíza do trabalho que aborda Conciliação Humanista

    29/11/2017

    Foi lançado na última segunda-feira (27) o livro “Conciliação Humanista – uma proposta de metodologia de resolução de conflitos”, de autoria da juíza Nayara Queiroz Mota de Sousa, no auditório da Universidade Unifuturo, localizado no Shopping Tambiá. O lançamento aconteceu logo após a abertura oficial da XII Semana Nacional da Conciliação.
     
    Segundo a autora, o livro traz uma metodologia para a conciliação. “Eu costumo dizer que a conciliação nasceu com o novo CPC aqui no Brasil. Antes havia uma confusão entre mediação e conciliação. Nós, que somos magistrados, que praticamos a conciliação, sabemos que ela tem uma característica própria, é bem particular e peculiar, diferente da mediação. Este livro vem trazer alguns olhares; claro que é o início, a ponta de um grande iceberg e espero que desperte interesse para estudos, pesquisa e aprofundamento do tema. É uma metodologia nova e específica para a conciliação, que habilita o conciliador como o facilitador do diálogo”, disse.
     
    O desembargador Sérgio Torres, do Tribunal do Trabalho de Pernambuco (6ª Região), que escreveu o prefácio do livro, esteve na solenidade de lançamento. “O trabalho é muito bem feito e aborda um tema que eu considero muito importante, envolvendo uma forma alternativa àquela tradicional jurisdição contenciosa de imposição com a decisão ao conflito. Nayara trabalha muito bem as vantagens da conciliação humanista e este trabalho pode enriquecer não apenas a atuação do trabalho profissional dos advogados e ajudar na solução de conflitos no âmbito das relações do trabalho, mas será muito importante para os juízes”, disse.
     
    O juiz André Machado falou em nome da Associação dos Magistrados do Trabalho, destacando a importância do Trabalho. O magistrado falou, também, da importância da Justiça do Trabalho. “Esse é um momento para falarmos da nossa Justiça do Trabalho, de mostrar ao povo brasileiro a importância fundamental da Justiça Trabalhista”, destacou.
     
    Falou na solenidade, ainda, o reitor da Unifuturo, Ricardo Monteiro, enfatizando o contentamento da universidade em sediar o lançamento da obra. No lançamento do livro, a presença de muitos juízes, servidores da Justiça do Trabalho, amigos e familiares de Nayara Sousa. Três ex-presidentes do TRT13, os desembargadores Afranio Melo, Ana Clara de Jesus Maroja Nóbrega e Ana Maria Madruga.
     



    Notícias


  • [19/08/2019]

    Amatra 13 participa de manifestação contra Lei do Abuso

  • [16/08/2019]

    Lei de Abuso de Autoridade: Amatra 13 vê “duro golpe” em atuação contra o crime

  • [23/07/2019]

    Segundo módulo da pós-graduação começa sexta-feira

  • [18/07/2019]

    Esmat 13 realizará curso de Compliance e Gestão de Conflitos

  • [10/07/2019]

    Pós-graduação: segundo módulo começa dia 26 e inscrições continuam

  • [10/07/2019]

    Presidente da Amatra discorda de restrição do CNJ ao uso de redes sociais pelos magistrados

  • [19/05/2019]

    Começam aulas do primeiro módulo da pós-graduação

  • [29/04/2019]

    Adiada pós-graduação para dia 17

  • [25/03/2019]

    "A magistratura é masculina"

  • [21/03/2019]

    Juízes, procuradores e advogados debatem reforma trabalhista

  • [19/03/2019]

    Novas palestras serão realizadas dia 22

  • [07/03/2019]

    Vigilante de carro forte vai receber verbas trabalhistas de diversos tomadores de serviço




  • Telefone / Celular (83) 3241-7640 / (83) 98650-0774 - Rua Antônio Rabelo Júnior, 161 - Miramar - Empresarial Eco Business Center, 9º andar, salas 911/912 - João Pessoa - PB